terça-feira, 19 de janeiro de 2016

COMO A LEI DA ATRAÇÃO PODE ATRAIR DINHEIRO PARA VOCÊ?



Quantas vezes você já pensou que ter muito dinheiro não é para você?

Você até sabe que não deve pensar assim, mas lá no seu íntimo, aquela voz interna diz que ter muito dinheiro não é o seu destino.

Isto também pode ser um pensamento seu: Ganhar dinheiro é difícil, ou,duvido que a lei da atração possa trazer dinheiro?

Esta questão é muito comum. Quero esclarecer, de antemão, que para a lei da atração não tem desejos grandes ou pequenos, fáceis ou difíceis. O que existe são os nossos julgamentos limitantes em relação ao que queremos e, portanto, gerando resistência e impedindo a materialização. Tudo o que existe é porque é a mente expressa de alguém materializada. Alguem concebeu mentalmente para que virasse realidade. Se um ser humano conseguiu, outros também podem conseguir, pois temos um cérebro e 24 horas por dia.

A lei da atração é uma lei física e, não canso de repetir, ela funciona sempre, para todos nós, independente de acreditar ou conhecê-la . Qualquer coisa que esteja na nossa vida somente pode existir com a nossa observação. Quando temos uma idéia na cabeça, que é início de materializar, começamos a produzir uma onda e, pela continuidade da observação, ocorrerá a formação de partículas até se formar o seu desejo.Assim a física quântica explica os eventos e as materializações.

O que muitas vezes fazemos é colocar a atenção na falta do dinheiro que queremos ter e não no que de fato faríamos, na presença deste evento, o dinheiro. A atenção e pensamentos são muito maior na falta, nas dificuldades em como fazer e na ansiedade em quando ocorrerá, do que propriamente em ter o dinheiro.

É preciso gerar uma vibração poderosa, através dos pensamentos e sentimentos, para atrair as condições e alternativas para a produção de qualquer coisa, inclusive o dinheiro que se quer. Só querer não garante a vibração da certeza e a fé inabalável do objeto da realização, o dinheiro. As principais emoções são, na maioria,ansiedade, sentimentos de incapacidade e preocupação que é o que retarda acontecimento do que desejamos ou até nunca materialize. Porque o foco da observação da matéria e a ausência dela.E aí tem uma sutil, mas considerável diferença.

Para que o dinheiro saia do campo das ideias para a realidade, muito mais do que querer, é preciso de ferramentas mentais que façam uma programação cerebral deliberada,que gerencie, a todo momento,nossas habilidades emocionais e mentais e as compatibilize com o que queremos.

Qualquer coisa que você deseje já existe como possibilidade, por uma questão de lei, mas vivenciar o dinheiro ou qualquer outro desejo é uma questão de não anular com pensamentos contrários ou com emoções de baixa vibração.

Para você experimentar você precisa ser e se sentir antes de materializar. Você precisa se compatibilizar com a energia do que você quer através de seus pensamentos e emoções pois estes vão gerar vibração compatível.



Então recapitulando:

  • Ter a ideia do que se quer, no caso o dinheiro; 
  • Manter o foco mental(pensamentos e emoções) na abundância do que se quer e não na ausência. 
  • Negação seletiva da realidade incompatível com o desejo; 
  • Evitar os como,quando ou de que forma que geram ansiedade e resistência a materialização; 
  • Ser e sentir como se já tivesse o que se quer! 

Você não pode ter o que você não é!


Atração é magnetismo, magnetismo é vibração, e esta são emoções e pensamentos compatíveis com o que queremos.Você vai materializar aquilo que você conceber na sua mente, observar com consistência e vivenciar com suas emoções!


Este é o segredo para materializar dinheiro ou qualquer outro desejo!Então vamos lá vivenciar o que queremos!!Temos 365 dias por ano para isso! O noticiário tem mostrado muito a crise financeira... E se não colocássemos a atenção nisto mas sim no que queremos materializar, nas possibilidades...E se colocássemos nossos cérebros a trabalhar a favor do que queremos experimentar...



Você gostou deste artigo? Você pode fazer um favor a seus amigos e a mim e compartilha-lo nas redes sociais, nos botões de compartilhamento como facebook, twiter ou google+, logo abaixo do artigo.


Quero muito saber a sua opinião sobre o que escrevi. Deixe um comentário, sobre o que você mais gostou, sobre algo que queira compartilhar, dúvidas ou ainda sobre alguma crítica sobre o texto.Ótimo 2016!